O que está impedindo as mulheres de chegarem ao orgasmo?

Dos atendimentos semanais que realizo, 95% são referentes a baixa libido das mulheres. Algumas não conseguem crer que isso seja apenas um fator emocional, pensam que pode ser uma doença. Baseado também na forma como isso é abordado em casa e a falta de conhecimento do parceiro sobre o assunto, a situação chega a níveis muito complexos, embora o problema seja bem simples de resolver. Essa semana folheando algumas matérias, encontrei esta da Revista Marie Claire sobre a falta de desejo e resolvi trazer para o blog para discutirmos mais sobre o assunto. Sei que tenho várias leitoras que podem estar passando por este problema e quero muito ter a chance, através dessa matéria de despertar seu interesse, cara amiga,, em cuidar de você mesma! Ah, e se você meu leitor cativo estiver lendo isso e perceber que estas questões são comuns à sua companheira, indique para ela um acompanhamento com terapia sexual. Dedico meu trabalho em atender as mulheres, e os casais que sentem necessidade de tirar dúvidas, fazer perguntas, pedir sugestões e esclarecer questões íntimas de forma individual e personalizada, prestando um verdadeiro atendimento/terapia. O objetivo da terapia é resgatar a autoconfiança, fortalecer sua autoestima, aumentar a intimidade do casal e levar você e seu parceiro a novos graus de êxtase e intimidade. Flaviane Brandemberg Você tem dificuldades para chegar ao orgasmo? Os caminhos para se alcançar orgasmo feminino são misteriosos para homens e mulheres. Dentre elas, só uma minoria consegue alcançá-lo através da penetração – cerca de 20% – as demais o alcançam estimulando o clitóris, e uma em cada 3 tem dificuldades atingir o clímax, sendo que algumas nunca chegam a gozar com o parceiro, apesar de manter uma vida sexual ativa, de acordo com pesquisa feita pela federação americana Planned Parenthood. Não conseguir alcançar os tão desejados segundos de prazer e descontrole pode acabar sendo frustrante e dar a sensação de há ago errado com o próprio corpo. No entanto, é mais provável que a solução do problema esteja na sua própria cabeça: “em geral, as dificuldades de prazer feminino estão mais relacionadas com a questão emocional”, explica a sexóloga Laura Muller. Falamos com a especialista sobre o que pode dificultar o orgasmo das mulheres e porquê. Muita expectativa O prazer não se trata apenas do orgasmo. Enquanto o clímax se resume a alguns segundos, a relação sexual pode chegar até uma hora, incluindo as preliminares. De acordo com a sexóloga Laura Muller, ver o orgasmo como o objetivo da transa só tornará mais difícil alcançá-lo. “Ficar pensando em como vai ser o orgasmo, se vai conseguir, se está demorando pra gozar, acaba atrapalhando o sexo. As expectativa criam preocupações que tiram o foco das sensações do momento – e que são as que de fato te levarão ao orgasmo”. Ela acrescenta que o desejo de gozar ao mesmo tempo que o parceiro também cria uma cobrança que pode atrapalhar. “É importante só deixar rolar” – Portanto relaxe o corpo e a mente e aproveite as carícias sem pressa. Não conhecer o próprio corpo “Quanto mais a mulher conhece o seu corpo e os pontos que lhe dão prazer, mais fácil vai ser para ela orientar o parceiro ou parceira sobre como gosta de ser tocada”, explica a especialista. Nessa descoberta do próprio corpo, a masturbação é essencial e brinquedinhos sexuais podem ajudar. Se a dúvida é sobre a masturbação frequente te atrapalhar na hora do sexo com outra pessoa, a resposta é não. “São coisas distintas, sexo com outra pessoa tem uma troca e envolvimento muito diferentes de quando a pessoa está sentindo prazer sozinha. É importante lembrar que um brinquedo vibra e faz milhões de coisas, mas o pênis ou a língua de outra pessoa não farão isso, são outras sensações”. Se não quer dispensar o brinquedinho, proponha ao parceiro que usem juntos. Vergonha De acordo com a sexóloga, se sentir inibida por insegurança com relação ao próprio corpo ainda é uma questão frenquente entre as mulheres e atrapalha sim o

Porque este me chamou de interesseiro?

Ele me chamou de egoísta. Diz que só penso em mim mesma. Acho que não sou assim.egoista mulher Este é um problema que muitas garotas passam. Mesmo que seu namorado não te chame de egoísta ele as vezes pensa. Mas porque? Você sempre acha que está certa. Fala muito de si mesma. Favorece suas vontades. Das duas uma, ou ele não vê que você só pensa no seu umbigo, ou você realmente é egoísta. Antes de eu te dar uma solução quero que saiba que ser egoísta não é exatamente um “pecado”. Pensamos muito em nós mesmos por um motivo bem óbvio. Nós convivemos a maior parte do tempo conversando com nós mesmas. Nossa personalidade sempre busca a melhor opção para agradar a si próprio. Além do mais egoísmo é uma arma de sobrevivência, onde buscamos para si a melhor alternativa. Mas nem sempre somos tão egoístas assim. Pensamos também nas pessoas que nos faz bem. Mas isso não é egoismo também? Sim. De certa forma é. Aprenda a dar valor Quando se está num relacionamento existe uma troca implícita de carinho, atenção, favores e presentes. Devemos contrabalancear esses mimos. Nem sempre na mesma moeda, mas que seja de forma equivalente. Nós mulheres temos algo muito valioso para os homens que paga boa parte desta “troca equivalente”. O sexo. O problema é que muitas mulheres acham que já estão fazendo muito apenas dando um pouco de sexo para o seu parceiro. Além do mais, ficar deitada como um peixe morto não é fazer sexo. Participe, se mexa, use sua cintura. Homens adoram mulheres que sabem mexer os quadris. Certo garota, você pode até ganhar presentes, carinhos e atenção. Em troca você dá apenas sexo. Sim você é egoísta. Homens não pedem muito nesta “troca equivalente”. Sim sexo pesa muito, mas não é tudo. Mostre alguma ajuda para ele. Coisas simples fazem os homens se apaixonarem cada vez mais por você. Pegue uma cerveja para ele, ou um café, ou uma massagem no pescoço. Seja simpática com seus amigos e amigas. Mande SMS com mensagem que lhe agrade. Tenho certeza de que pequenos detalhes fará ele te ver com outros olhos. Agora se você nem isso faz. Mal sinal.Você é egoísta. Comece agora mesmo a mudar alguns hábitos. E se ele não enxerga que você não é egoísta? Fácil. Isso significa que ele quer ser comprado. Comece a medir seus atos. Tudo que fizer para ele, comente o que está fazendo na hora, tipo: Olha amor, viu como sou boa pra você, estou te trazendo uma cerveja, só pra você não levantar e perder o lance do futebol. Quando for pedir algo para ele, diga que você está sendo uma boa companheira e faça lembrar de algum favores. Ou até mesmo insinue que depois irá fazer uma coisa que ele gosta muito. Sinais de egoísmo Você costuma a falar muito de si própria. De coisas que falou. De lugares que passou. De roupas que viu. Diferente quando você fala de alguém que esteve conversando, ou de assunto que aprendeu, ou de roupas que sua amiga comprou. Quando você não reforça os interesses do seu companheiro. Ele te conta alguma coisa e você não cria um diálogo, não reforça a ideia dele. Só interage numa conversa quando o assunto é algo que lhe agrade. Quando está em local público flerta com várias pessoas desconhecidas. Olha demais para o que as pessoas estão fazendo. Isto demostra muita falta de interesse em sua companhia. Falar dos problemas da sua vida em momentos desapropriados. Tudo bem que tem hora de devemos desabafar. Essa é mais uma das atribuições de um companheiro. Mas deixe para reclamar ou comentar algo que aconteceu com você só em momentos apropriados. Ficar contando toda horas seus problemas é muito chato e egocêntrico. Comprar um bombom apenas para você é muito egoísmo. O pior ainda é ganhar uma barra de chocolate do seu namorado e não deixar ele comer junto ou dar apenas um pequeno pedaço. Além dele te achar muito egoísta, vai fazer ele não querer te dar mais presentes e ainda pensar que você é muito gulosa e que é por isso que está engordando. Então garota, saiba compartilhar. Vaidade acima do limite. Não deixar ele passar a mão no seu c

Você possui vergonha de ir ao Motel?

Por incrível que pareça, muitas pessoas sexualmente ativas nunca foram a um motel; algumas por nojo, outras por vergonha e também aquelas que imaginam algo diferente do que é. Se você também nunca foi e quer quebrar esse tabu que nós vamos te contar exatamente como eles funcionam. Antes de tudo, pesquise as melhores opções para você não acabar pagando mais caro por um serviço ruim. Existem diversos sites que além de passar todas as informações necessárias como preços e tipo de suítes, ainda oferece a opção de imprimir cupons de desconto – não tenha vergonha de utilizá-los. Não tenha nojo; muitas mulheres só de pensar em deitar em uma cama que já foi utilizada por diversos casais, tem vontade de vomitar. Use a cabeça: o movimento nos motéis é tão grande, que os quartos têm que ser constantemente higienizados, além disso, há muita fiscalização em cima de aspectos essenciais como higienização dos lençóis, toalhas e móveis. Realmente, se você não tiver carro, a ida ao motel pode se tornar mais complicada, mas não desista, afinal, por mais estranho que possa parecer, muitas pessoas chegam de táxi. Muitas pessoas têm vergonha de serem vistas, por isso nunca vão. Fique tranquilo, afinal o serviço é super discreto; quando você está entrando no motel o máximo de contato que terá com alguém é na hora de pedir o número da suíte e receber as chaves do atendente que fica dentro do guichê. E claro, não se esqueça de que, por lei, a maioria deles tem que conferir os documentos de identidade, afinal, menores de 18 anos não pode entrar. Depois que você pegar a chave, é só se dirigir até a sua respectiva garagem e entrar no quarto – as portas da garagem são privativas e ninguém de fora consegue ver qual carro está parado. Dentro do quarto do motel você encontrará no mínimo uma cama, televisão, mesa, frigobar, telefone, chuveiro e banheiro. Quanto mais você pagar, mais entretenimento terá dentro do quarto; com pouca grana a mais, você já pode se dar o luxo de usufruir de uma banheira de hidromassagem. Além disso, você também pode encontrar cadeiras eróticas, pole dance, piscina, quartos temáticos e fetichistas, janelas para assistir o quarto ao lado, canais eróticos – que na maior parte das vezes são uma porcaria – e uma infinidade de apetrechos para deixar a sua transa mais gostosa. Não se assuste ao encontrar uma portinha em alguma das paredes do quarto. É por lá que chegam os drinques, comidas e acessórios eróticos que você pedir pelo serviço de quarto. Mas não se preocupe, os funcionários são treinados para ficarem calados e você não terá nenhuma forma de contato com eles. Além disso, também rola uma campainha que muitas vezes assusta os transudo de primeira viagem; ela serve para informar que sua diária encerrou ou que chegou alguma coisa pela portinha. Se você quiser ir com mais de uma pessoa, não se preocupe, não há problema. Você apenas terá que pagar uma porcentagem a mais pela pessoa extra, e lembre-se: nunca tente esconder alguém dentro do carro. Não se esqueça de ir prevenido: leve camisinhas, gel lubrificante e o que mais achar necessário para melhorar a experiência. Fica a dica que ninguém curte transar ouvindo rádio, então que tal gravar um CD ou pen drive com uma playlist bem excitante? Aproveite muito!! Motel é tudo de bom!! Experimente vários, diversos tipos de suíte…e curta, curta muito,pois essas são as coisas boas da vida!

Os vibradores como aliados vs a menopausa

A menopausa afeta consideravelmente a vida sexual das mulheres. Entre 45 e 55 anos, hormônios como o estrogênio e a progesterona deixam de ser produzidos e essa ausência pode gerar sintomas como a falta de lubrificação, a atrofia vaginal e consequentemente dor no ato sexual. Mais mulheres estão vivendo a fase da menopausa. Hoje, uma mulher de 50 anos quer ter uma vida sexual prazerosa. Mudou tudo. Além dos tratamentos já consolidados – que tem como base a terapia hormonal -, existem uma série de estudos no sentido de melhorar a qualidade da vida sexual da mulher nessa fase. Essas investigações têm suscitado o uso do vibrador como método de provocar o fluxo sanguíneo local e aumentar o trofismo vaginal. É recomendável o uso do vibrador de três a quatro vezes por semana. A falta de estrogênio no corpo durante a menopausa diminui o fluxo de sangue na região pélvica e o acessório atuaria justamente para aumentar esse curso sanguíneo. Atualmente, as mulheres vivem mais de um terço de suas vidas após a menopausa. Por isso, problemas sexuais associados à diminuição de estrogênio são cada vez mais comuns. A queda de estrogênio está diretamente relacionada ao trofismo vaginal que afeta principalmente a qualidade da relação sexual. Dor, sensação de secura e aumento de incidência de infecção urinária são comuns nessa fase. O cheiro também muda, “é um odor mais forte”, e o líquido que a vagina produz fica com uma cor mais amarelada. A mucosa vaginal é composta por sete a dez camadas de células e tem aspecto rugoso, o que propicia lubrificação e boa elasticidade. Na menopausa, essa mucosa é reduzida a uma ou duas camadas de células – as mais profundas – e fica fina, sensível, além de perder elasticidade e lubrificação. As glândulas também se atrofiam com a falta de estrogênio e falta fluxo sanguíneo na vagina. A hipótese de que uso do vibrador possa atuar nos sintomas de secura e atrofia vaginal durante a menopausa deve ser visto com ressalva já que não existem estudos consolidados que corroborem essa eficácia. A primeira linha de tratamento é a hormonal. A mulher também tem a opção de usar hormônios locais ou cremes lubrificantes, mas alerta: O tratamento é individual e cada mulher deve ser acompanhada de perto por um especialista. Os exercícios para a musculatura pélvica também têm esse efeito de melhorar a circulação sanguínea. Teria até um efeito melhor, ativo. No caso do vibrador, a mulher faz menos esforço. Os exercícios para o períneo atuam ainda no sintoma da incontinência urinária, também comum nessa fase da vida da mulher. Tabu O uso do acessório é bem visto por quebrar uma série de tabus, pela oportunidade que ele dá à mulher de se manipular mais e, talvez, esse autoconhecimento possa melhorar a qualidade da vida sexual. Cuidados Adriana Lucena lembra que vibrador é pessoal, cada mulher precisa ter o seu e o instrumento precisa ser bem higienizado antes do uso. Não tem esterilizador melhor que água e sabão. Nunca se deve guardar o acessório sem lavar. “O uso de preservativo no vibrador também evita o risco de proliferação bacteriana O uso do lubrificante nessa fase também é aconselhável. Não só no uso do vibrador, mas em qualquer coisa que penetra a vagina – seja em um exame, alguma medicação ou o próprio pênis. A vagina atrófica é mais sensível. Além de a secura vaginal gerar dor no ato sexual, o contato do pênis com a pele ressecada pode provocar algum trauma. A repetição do traumatismo vaginal pode ocasionar a recorrência de infecção urinária. A incontinência urinária pode ser tratada com o fortalecimento da musculatura pélvica através de exercícios localizados.

Do que eles mas gostam, segundo a ciência

Os homens costumam dizer que as mulheres são incompreensíveis – mas, na visão feminina, é o universo masculino que parece muito complicado. Diversos estudos sobre o comportamento deles vêm sendo divulgados e nos ajudam a conhecer um pouco mais sobre o assunto. Segundo a ciência, existem coisas específicas que os homens amam fazer e amam nas mulheres. Saiba abaixo quais são elas. Vermelho Um estudo da Universidade de Rochester mostrou que os homens se sentem mais atraídos por mulheres vestindo vermelho. Isso evidencia que as cores têm, além da parte estética, um significado e um impacto psicológico. Dormir de conchinha Sim, os homens curtem dormir abraçados às parceiras. Homens que dormem mais vezes abraçadinhos com suas parceiras tendem a ter relacionamentos mais felizes. É o que mostra uma pesquisa do Kensey Institute. Ser “santinha” Uma pesquisa feita pelo site HerCampus revelou que um quinto dos homens acham que uma mulher que já teve entre 10 e 20 parceiros sexuais não serve para um relacionamento sério. Porém, 30% dos entrevistados não acham que um número é capaz de definir o caráter feminino. Seios Os homens amam olhar para os seios das mulheres. E mais: reparam primeiro nos seios do que no rosto. Não para por aí: a comissão da frente é a parte do corpo feminino para que a maioria dos homens pesquisados passam mais tempo olhando, e não importa o tamanho – eles apenas gostam de olhar. O estudo é da Universidade de Wellington, na Nova Zelândia. Jornalistas sexy Quando a jornalista na TV é muito bonita, eles não conseguem prestar muita atenção à notícia. Dois estudos feitos pela Universidade de Indiana, nos Estados Unidos, mostraram que, quando os homens assistem a telejornais apresentados por mulheres que eles julgam atraentes, eles têm mais dificuldade para compreenderem ou se lembrarem das notícias veiculadas. “A capacidade cognitiva dos homens fica mais direcionada à visão do que ao processamento verbal daquilo que está sendo dito pela jornalista”, explica a pesquisa. Masturbação Em 2009, uma pesquisa nos Estados Unidos, chamada National Survey of Sexual Health and Behaviour (pesquisa nacional de saúde e comportamento sexuais) revelou algo nem tão surpreendente assim: os homens amam se masturbar. Eles fazem isso com mais frequência do que as mulheres, e começam mais cedo do que elas. Casamento Os homens querem se casar tanto quanto as mulheres – e têm maior inclinação e vontade de ter filhos do que elas. Pelo menos foi isso que mostrou um estudo conduzido pelas universidades de Rutgers e Binghamton. Os pesquisados foram 5200 solteiros, entre 21 e 65 anos. Nada de lágrimas Chorar na frente de um homem não é exatamente a melhor maneira de atraí-lo. Um estudo revelou que as lágrimas femininas emitem sinais que “broxam” o sexo masculino. Os participantes da pesquisa cheiraram lágrimas de mulheres que choraram durante um filme triste, e ficaram menos excitados do que aqueles que simplesmente cheiraram água salgada. O que acontece é que quando a mulher chora ela emite sinais químicos de que precisa de colo e conforto, e não sexo, e os níveis de testosterona no homem costumam baixar. Os pesquisadores também descobriram que parece haver uma conexão entre o choro da mulher e a diminuição de agressividade do parceiro. Morenas Parece que aquela história de que os homens preferem as loiras caiu por terra. 33% dos homens entrevistados em uma pesquisa da rede social Badoo preferem cabelos castanhos e 29% são fãs de cabelo preto: ou seja, 62% acham que as mulheres de madeixas escuras são mais atraentes. Olhá-los de baixo para cima Pesquisadores da Univerdade de Newcastle, na Austrália, descobriram que os homens se sentem mais excitados quando as mulheres os olham de baixo para cima, porque parecemos mais sedutoras para eles. Segundo os estudiosos, eles se sentem mais altos e poderosos quando ficamos com a cabeça nessa posição. Mulheres não atraentes Foi usado um algoritmo facial para determinar que os homens normalmente preferem ir at

Ménage masculino: o prazer compartilhado

Atualmente ouvimos falar muito sobre o homem e sua vida sexual ativa, assim como suas fantasias, fetiches e tudo mais sempre sendo realizado.Agora nossa matéria vem apenas para te dizer que você também pode realizar suas fantasias assim como seus fetiches e ter sua vida sexual ativa e completa. Ménage à trois, este é o nome de uma das maiores fantasias sexuais das mulheres.É a pratica de ter relação com dois parceiros ao mesmo tempo. Então muitas perguntas ficam na mente feminina quando se fala de fugir a regra. Então é por este motivo que resolvemos te auxiliar e esclarecer todas elas, desta forma tudo será muito mais prazeroso do que você imagina. Antes de praticar o ménage preciso ter os parceiros, mas onde encontrá-los? Cada casal tem um tipo de relação, e para chegar a este patamar de praticar o ménage é porque a relação é de total confiança, desta forma pode-se procurar um amigo do casal, ou até mesmo uma pessoa de confiança que esteja disposto a desfrutar desta pratica com vocês. Porém se a idéia é jamais expor a prática ou ao menos correr o risco de que outras pessoas saibam, a indicação é, procurem uma casa de swing. Caso não queiramos sair para a prática, por medo de ser vistos por outros, qual seria a opção? Existe a possibilidade de encontrar um parceiro em um site de relacionamento, veja se o perfil te atrai, quais as possibilidades expostas no perfil dele e caso veja uma abertura, convide-o. Apenas se certifique que o mesmo não tem nada a ver com seu convívio social, assim será mais garantido a não exposição.Tem casos aonde o casal vai á procura de garoto de programa, ai vocês poderão encontrá-lo em um local mais privado, e as possibilidades de outros saberem se reduzirão a cada escolha certa. Antes de iniciar o ménage, posso expor minhas condições ou será um pouco chato eu fazer isso? Quando falamos de prazer, falamos de algo “sem limite”, se as coisas forem regradas serão automáticas e pode não ser muito bacana. Por outro lado todos tem seus limites, caso algo ultrapasse os seus, o ideal é no ato ir contornando e direcionando cada um para o que mais lhe der prazer, assim as coisas acontecerão de forma natural e será mais fácil chegar aos finalmentes com todos satisfeitos. Quando uma mulher se dispõe ao ménage, ela precisa ser duplamente penetrada?Mais uma vez vem o lance de momento, veja o que realmente sente vontade no ato e conduza a situação, a intenção do ménage é sentir prazer, e para isto não podemos colocar regras. O homem que se dispõe ao ménage masculino, ele precisa ser bi para proporcionar prazer ao meu companheiro também?Se a idéia é prazer aos dois ao mesmo instante, e seu parceiro desejar, sim, será a coisa certa a ser feita. Neste caso sim é interessante conversar antes para evitar constrangimentos entre eles uma vez que a idéia é a realização sexual do casal. Qual a melhor coisa a ser feita para evitar riscos em tudo isso?Hoje em dia o risco é geral, e até mesmo com a pessoa que mais confia está correndo riscos, por este motivo é imprescindível o uso de preservativos. Uma dica para treino.Comece com o uso de alguns acessórios, assim vocês poderão saber se estão prontos para algo a mais, tente a principio um anel de dupla penetração, um vibrador diferente.Caso a aceitação seja bacana, vão aos poucos dando asas a imaginação e lembre-se tudo o que é permitido pelos dois está mais que aprovado.

Fitoterápicos para aumentar a libido

Na antiguidade, as civilizações de diversas partes do mundo acreditavam na magia do reino vegetal. Essa crença foi apropriada pela alquimia e pelo ocultismo, que atribuíam às plantas um poder capaz de interferir no corpo físico e espiritual, que oscilava da saúde à doença, assim como da vida à morte. Esse conhecimento foi transmitido de geração a geração e até hoje, em algumas culturas, tanto orientais quanto ocidentais, acredita-se no poder mágico das plantas, a ponto de algumas serem consideradas sagradas. Usadas com finalidades místicas ou não, ao longo do tempo as plantas adquiriram respeito e credibilidade e em todas as civilizações pela confirmação do seu potencial terapêutico no processo saúde-doença.

Algumas plantas são usadas em tratamentos fitoterápicos para promover o apetite sexual em homens e mulheres, mas não garantem a solução do problema da falta de desejo sexual, devido à sua causa estar, em geral, centralizada no psicológico e não em fatores físicos. Desse modo, os fitoterápicos preparam o corpo para a excitação, facilitando esse processo. Quando isso ocorre, a mente pode ser mais facilmente estimulada. Sendo assim, não se deve recorrer apenas a estes recursos para o tratamento da perda da libido. Nesse contexto, a psicoterapia e as terapias holísticas podem auxiliar também, de modo efetivo, na cura de padrões de pensamento que influenciam negativamente no comportamento sexual de homens e mulheres.

ERVAS PARA AUMENTAR A LIBIDO Sabemos que os homens e as mulheres que sofrem de falta de apetite sexual procuram de diversas formas as soluções para o problema. Mesmo que a solução para isso esteja no campo emocional, basicamente na maneira que a pessoa percebe a relação e interage com o parceiro, existem algumas alternativas para impulsionar a vida sexual. GINSENG SIBERIANO Sua raiz contém uma mistura de componentes chamados eleutherosides, muito utilizados em tratamentos fitoterápicos. Esta planta aumenta a fertilidade masculina e feminina e ainda ajuda a estabilizar os hormônios femininos, auxiliando no aumento da libido. Modo de uso: o Ginseng pode ser tomado em cápsulas, em pó ou na forma de pílulas.

Indicações de uso: Os especialistas sugerem que o Ginseng siberiano seja ingerido de quatro a oito semanas, com duas colheres de sopa duas vezes ao dia. Em seguida, tome-o com uma ou duas semanas de folga, antes de retomar a dose. GINKGO BILOBA O Ginkgo biloba auxilia a vasodilatação e promove a produção de ácido nítrico, necessário para estimular o aumento do fluxo sanguíneo para os órgãos sexuais, sendo assim um potente estimulante sexual. Essa erva é mais conhecida pelo seu tratamento no processo de disfunção erétil em homens, mas também pode proporcionar aumento no apetite sexual feminino. Modo de uso: utiliza-se Ginkgo Biloba em pó ou cápsulas. Indicações de consumo: recomenda-se consumi-lo antes das principais refeições.

Quais momentos despertam libido por sexo

Ao contrário dos homens, que parecem sempre dispostos a uma transa, mesmo que rapidinha, as mulheres normalmente precisam de uma dose extra de estímulo para entrarem no clima. Mas é inegável, no entanto, que algumas situações bastante comuns podem garantir excitação maior “fora de hora”. Confira 9 momentos em que mais sentimos vontade de transar e veja se você concorda com a lista: Apesar da irritação, inchaço e diversos incômodos, a TPM pode causar, em algumas mulheres, uma grande vontade de transar. Isso ocorre por causa das alterações hormonais enfrentadas no período e por uma possível ligação feita entre o orgasmo, que libera endorfina e minimiza o impacto da tensão pré-menstrual. Durante a menstruação também é comum o aumento da libido mais uma vez provocado por questões hormonais. Isso acontece por que, no período menstrual, a testosterona, um dos principais hormônios responsáveis pela excitação, está em maior evidência enquanto os demais, como o estrogênio, por exemplo, estão em baixa. Quando bebemos, normalmente nos sentimos mais relaxados e até mesmo confiantes.

O álcool pode proporcionar para algumas mulheres uma liberação maior dos sentidos e desejos, fazendo que elas sintam mais vontade de transar. A combinação, no entanto, pode ser perigosa, pois o excesso de bebida pode causar esquecimento na hora de usar preservativo e engatar um sexo seguro. De acordo com estudo do Instituto Kinsey para Pesquisa sobre Sexo, nos EUA, vontade de transar logo ao acordar é comum porque, durante a madrugada, estamos relaxados, as a produção de testosterona segue em alta, especialmente nas primeiras horas do dia. Fazer sexo cedo, portanto, pode ainda nos remeter a uma sensação de bem-estar, provocada pela oxitocina, hormônio que faz com que os parceiros se sintam mais próximos ao longo do dia.

Vocês estão deitados na cama ou no sofá e, de repente, uma cena de sexo surge na tela, fazendo com que você sinta uma vontade incontrolável de transar. Nada mais natural, já que a estimulação visual aliada à proximidade com o companheiro pode resultar em uma situação bastante picante. Ter vontade de transar quando o parceiro sai do banho também costuma ser comum entre as mulheres. Observar o parceiro nu ou enrolado em uma toalha, com a pele úmida e perfumada, pode garantir excitação extra. Não é raro ouvir relato de casais que afirmam ter tido uma das melhores noites de sexo após uma briga com a pessoa amada. De fato, toda a situação tensa pode ter sido provocada pelo excesso de energia contida e pela passionalidade mútua que rendem uma transa bastante ardente. Para você, o proibido é mais gostoso? Então certamente por isso você já experimentou uma grande excitação e vontade de transar exatamente em um momento em que o ato é praticamente impossível ver as lesbicas.

Em uma praia lotada, no banheiro de uma balada, estacionamento ou quando outra pessoa está dormindo no quarto ao lado e você e seu parceiro não podem fazer barulhos. Antes de pegar no sono ou quando acorda, se você e seu parceiro estão deitados de conchinha a vontade de transar pode aumentar até que se torne impossível evitar o sexo. O contato direto dos corpos, da pele e respiração são motivos suficientes para iniciar uma relação íntima e picante.

Sexo também é saúde

Como no dia a dia, homens e mulheres são bastante diferentes quando o assunto é sexo. Na cama, as expectativas de cada um podem correr em sentidos opostos, mas o comum acordo entre o casal pode fazer muito bem à relação. Entenda os benefícios do sexo e de que forma ele pode ser mais gostoso para homens e mulheres. Por que sentimos prazer no sexo? É inerente ao ser humano ter prazer no contato físico com outra pessoa. As fantasias de cada um mobilizam a busca por um parceiro ideal. Os órgãos do sentido trazem estímulos e, a partir daí, inicia-se o chamado “Ciclo de Resposta Sexual” – desejo, seguido de excitação, orgasmo e resolução. Sexo é prazeroso porque reequilibra, descarrega tensão e dá sensação de bem-estar. Do que as mulheres mais gostam? Proximidade física, intimidade e cumplicidade são fundamentais para que se sintam disponíveis e interessadas. Elas não procuram apenas contato genital. As ‘preliminares’ excitam e estimulam as mulheres para iniciarem o “Ciclo de Resposta Sexual” com sucesso. Diferentes dos homens, não buscam necessariamente o orgasmo e nem se obrigam a senti-lo. Do que os homens mais gostam? Do sexo genital, geralmente com penetração, ejaculação e orgasmo. Do ponto de vista biológico, sentem-se espalhando sua semente, implantando vida em alguém. Principais benefícios do sexo Do que as mulheres mais gostam? Ativa a circulação sanguínea, traz recompensa da proximidade física – que melhora o humor – e sensação de bem-estar pela liberação de endorfinas. Se o sexo não for satisfatório ou de boa qualidade, pode ser um instrumento para trazer à tona que a saúde ou a relação não vai bem. Gasto de calorias Relações sexuais gastam calorias principalmente, mas menos do que as pessoas imaginam – a não ser que seja realizada vigorosamente e à exaustão. Uma transa em que os dois se movimentam semelhantemente equivale a três voltas, a passos rápidos, em um quarteirão. Pele bonita Como o sexo ativa a circulação, a pele e as mucosas ficam mais nutridas. É como exercícios físicos, com a vantagem da proximidade com o outro, que dão sensação de aconchego e bem-estar. Ajuda o coração? Novamente, a ativação da circulação sanguínea é positiva para o coração. Mas a menos que o problema seja emocional – “coração machucado” – a relação sexual não trará benefícios específicos para o órgão vital. Quanto mais eu fizer, mais vou querer fazer? É verdade que, quanto mais se faz, mais o corpo se prepara para fazer novamente. Mulheres na menopausa, por exemplo, geralmente têm atrofia da mucosa da vagina. As que fazem mais sexo sofrem menos com o problema do que as que fazem pouco. Do ponto de vista biológico, a prática também deixa o corpo mais interessado em sexo porque libera mais hormônio sexual na corrente sanguínea. Se o sexo for de boa qualidade, aumenta a vontade de fazer de novo. Se for ruim, pode causar frustração e diminuir a vontade de repetir a dose. Preocupação masculina Os homens se preocupam muito com o assunto embora, geralmente, tenham um pênis de tamanho satisfatório. Não se sabe a porcentagem de homens que pensam que têm pênis pequeno, mas 2% deles são realmente obcecados com o assunto. Como não há comprovação científica de tratamentos de aumento de tamanho, o ideal é que procurem acompanhamento médico e terapia psicológica. Falta de libido: o que fazer? As causas são divididas em: **Dificuldades do casal – vínculo, relacionamento, conflito. **Falta de atração sexual **Doenças físicas, como disfunção hormonal (falta de testosterona ou de estrógeno) e diabetes. **Causas psíquicas, como a depressão. **Uso de medicamentos como anti-hipertensivos e antidepressivos Para combater a falta de libido, o mais importante é diagnosticar a causa. A falta de atração pode ser pontual e por aquela pessoa exclusivamente; no caso de crises e conflitos entre os casais, a indicação é resolver o problema entrando em consenso; doenças físicas devem ser tratadas com auxílio médico; e se o problema for os medicamentos, o ideal é modificar o tratamento, se

Sexo no chuveiro

A intimidade de vocês anda morna? Sexo no chuveiro pode resolver isso. Tomar banho é naturalmente relaxante e, com sexo, pode ficar ainda melhor. Ótima aposta para começar bem o dia ou aliviar a tensão antes de dormir. O convite Poucas mulheres sabem, mas os homens não gostam de ser agarrados de surpresa. Eles ficam mais animados quando percebem a intenção da parceira. Por isso, nada de invadir a ducha do gato sem aviso. A solução: sussurre no ouvido dele algo do tipo: “hoje eu vou esfregar suas costas!” ou “acordei doida para fazer um oral bem gostoso em você” Bucetas. O recado está dado: o banho do dia será especial! A sedução O corpo nu e molhado deixa qualquer homem louco! Brinque com a espuma do sabonete, roce seu corpo no dele, capriche nos carinhos e faça o oral que prometeu. E, quando esquentar, comecem a penetração. Você pode usar lubrificantes à base de água para ajudar no rala e rola. As posições Já que o boxe costuma ser apertadinho veja indicações das melhores posições em pé. Encaixada: você fica de costas para ele, com as mãos na parede. No colo: você fica de frente para o parceiro, com as costas contra a parede e as pernas entrelaçadas na cintura dele Videos Porno. Ele sustenta seu corpo erguendo você pelo bumbum. Finalização Agora é só aproveitar que já estão no chuveiro e finalizar o banho normalmente, com a disposição renovada e com uma sintonia gostosa entre vocês. Vale dar beijinhos e secar o gato para terminar em clima de romance. Sexo sem acidentes! Coloque um tapete antiderrapante dentro do boxe para evitar escorregões. Tire produtos do chão, como xampus e cremes, para evitar tropeções.